Segunda chamada para os cursos de Técnico em informática e Técnico em Finanças para o polo do IFRO em Presidente Médici; Confira lista

Saiu nesta segunda-feira (10), a lista da segunda chama para alunos que se inscreveram para os cursos de Técnico em Informática e Técnico em Finanças, que serão ministrados no polo do IFRO (Instituo Federal de Rondônia), em Presidente Médici.

Esta segunda chamada tem o objetivo de preencher as vagas deixadas por alunos que perderam o prazo para efetuarem as matriculas ou que tiveram problemas com a documentação.

Se você se inscreveu e não teve o nome constando na primeira chamada, confira no link a seguir (Obs. pág. 41), se seu nome consta dessa segunda lista: http://www.ifro.edu.br/selecao/psead2014-1/editais/1/165218140307Convoca%C3%A7%C3%A3o%20em%202%C2%AA%20Chamada.pdf

Caso seu nome esteja na lista, procure a Escola Municipal Luiz Capilla (Que é o Polo do IFRO no Município), munido (a) de seus documentos pessoais.

Você terá de hoje, segunda-feira (10), até a próxima quarta-feira (12), das 18 h às 22 h, para se matricular.ifro-logo-300x170

SEMEC: Pres. Médici – Mobílias da nova Creche começaram a chegar; inauguração está prevista para Abril

 

Diversos itens da lista de mobílias da nova Creche Municipal, Pingo de Gente, já começaram a chegar ao almoxarifado da Prefeitura.

Entre os intens que já foram entregues, estão: Cadeiras, Mesas, Ares-condicionados, Máquinas de lavar e Utensílios de Cozinha (Liquidificadores, Batedeiras, cafeteiras e Espremedoras de Frutas).

“No máximo em 30 dias toda a mobília que foi comprada estará no almoxarifado” Disse o Secretário de Educação do Município, Professor Carlos.

A construção da nova Creche foi iniciada em 2008, e embora já tenha sido concluída, ainda não foi entregue por faltar instalação da Rede de Energia Elétrica da rua para o prédio.

“Já estamos negociando com a mesma empresa que construiu, para que também faça essa instalação elétrica; Mais tardar, no final do mês de abril, a creche será inaugurada” Disse o secretário Carlos.

“Hoje a Creche antiga atende um número de 110 alunos, mas assim que a nova creche for inaugurada, um número maior de crianças poderá ser atendido; Fazendo com isso, que as mães tenham mais liberdade para trabalhar fora, tendo a certeza de que seus filhos estarão em boas mãos, sob os cuidados dos professores.” Disse a Prefeita Lurdinha (PT).

MEIOS PARA AQUISIÇÃO DO MOBILIÁRIO

O Mobiliário escolar é uma ação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que tem por objetivo renovar e padronizar o mobiliário escolar no país, garantindo qualidade e conforto para estudantes e professores nas salas de aula e contribuindo para a permanência dos alunos nas escolas da rede pública de educação básica.

Um dos focos dessa iniciativa é a padronização das especificações dos mobiliários e acessórios para as creches do país, com base nos elementos construtivos e dimensionais prescritos nos regulamentos e normas técnicas brasileiras (ABNT, INMETRO e outras), para efeito de aquisição pelos entes federados. Baseada na prerrogativa do governo federal de poder realizar um único processo de compra sem efetivar qualquer contrato, disponibilizando o registro de preços obtido por meio de pregão eletrônico.

Para a aquisição do mobiliário para a nova creche, foi investido o valor de R$ 120.078,80 (Cento e vinte mil, setenta e oito reais e oitenta centavos), sendo que a FNDE disponibilizou 92 mil, e a prefeitura entrou com a contrapartida para completar os outros mais de 28 mil que faltavam.

DSC_3863 DSC_3864 DSC_3865 DSC_3866 DSC_3867 DSC_3868 DSC_3869 DSC_3872 DSC_3873 DSC_3874 DSC_3877 DSC_3878

 

Dia da Mulher: Prefeita manda distribuir lembrancinhas às servidoras do Município

Tendo em vista ser, esta sexta-feira -07/03-, véspera do Dia Internacional da Mulher, a Prefeita Lurdinha (PT) mandou distribuir para as 44 servidoras do município, trufas de chocolate com mensagens referentes à data comemorativa.

Em cada ambiente de trabalho aonde as servidoras do gabinete da prefeita chegavam para entregar os mimos, a alegria logo era percebida nas presenteadas, que se surpreendiam ao receber a prenda.

“Essas pequenas lembranças que estamos entregando hoje às nossas servidoras, é uma maneira singela de dizer a elas que são importantes, não só uma para as outras, mas para todos nós que estamos muito felizes com o empenho que elas empregam para desenvolver suas tarefas diárias, bem como no cuidado com suas famílias e no cultivo de amizades que conquistaram no ambiente de trabalho” Disse a Prefeita Lurdinha.

Maria de Jesus, uma das enfermeiras do Município, disse estar agradecida por ter sido lembrada e presenteada com a lembrancinha. E ressaltou também, que hoje, as mulheres recebem um reconhecimento negado noutras épocas da história humana.

“É importante termos hoje o reconhecimento que nos foi negado na antiguidade. Sabemos que em muitos lugares do mundo o preconceito machista ainda fere os sentimentos e a dignidade das mulheres, mas acreditamos que essa evolução do reconhecimento que se nos é devido, há de continuar” disse a Enfermeira.DSC_2510 DSC_3609 DSC_3608

Segundo laudo apresentado pela Vigilância Sanitária, água do poço do Hospital Municipal não está contaminada

Há alguns dias teem surgido dúvidas entre os servidores públicos da saúde, lotados no Hospital Municipal de Presidente Médici, a respeito de uma possível contaminação na água do poço que é utilizada para lavar, cozinhar os alimentos e para beber.

Em resposta a essas dúvidas dos servidores o Diretor da Vigilância Sanitária do Município, Humberto Gaia, esclareceu, em um programa de tv local, que segundo os laudos de análise da água do poço do Hospital (que foram três) feitos no final do ano passado, dizem que a água é propicia para o uso humano.

“No final do Ano passado nós fizemos a coleta de uma amostra da água que estava dentro da caixa, e constou, no primeiro laudo, que havia sinais de contaminação. O secretário de saúde mandou lavar a caixa, e nós mandamos uma nova amostra para Porto Velho, só que desta feita, a amostra foi tirada diretamente no poço. O resultado foi de que nada constou. Da mesma forma procedemos na terceira análise, e nenhuma contaminação foi constatada”. Disse o Diretor da Vig. Sanitária, Humberto Gaia.

Para tranquilizar aos funcionários, quanto às suas preocupações, o Secretário de Saúde do Município, Angelo Carrara, já pediu à vigilância sanitária que fizesse uma nova coleta de amostra de água para ser enviada para uma nova análise, no laboratório do programa estadual de vigilância de água (VIGIÁGUA), em Porto Velho.

“Solicitamos essa nova análise, para tranquilizarmos ainda mais aos nossos servidores, e demonstrar que estamos, de fato, atentos às questões que dizem respeito à saúde dos nossos colegas.” Disse o Secretário de Saúde, Angelo Carrara.

Segundo o Secretário ainda, em alguns dias a água do poço do Hospital não será mais utilizada para cozinhar alimentos, e nem tão pouco para beber, pois já solicitou junto a Companhia de Águas e Esgoto de Rondônia (CAERD) do Município, a implantação de um sistema para fornecimento de água tratada no local.

“Acredito que no máximo em duas semanas, teremos água da caerd no Hospital.” Disse o Secretário, Angelo Carrara.

P. MÉDICI: para facilitar aos pacientes, Prefeitura constrói banheiros na ala de observação do HM

Acabam de serem construídos e entregues dois banheiros na ala de observação do HM (Hospital Municipal) de Presidente Médici, Eufrásia Maria da Conceição.

A obra, que teve um prazo para execução de 60 dias, terminou dentro do prazo, e foi custeado com recursos próprios do Município, na ordem de R$ 17. 928,72 (dezessete mil novecentos e vinte e oito e setenta e dois).

Os banheiros são: um para uso masculino, e outro para uso feminino. Contendo vasos sanitários de qualidade, pias e também com chuveiros elétricos para o caso de pacientes precisarem tomar banho.

Antes da construção dos banheiros novos, os pacientes que ficam em observação tinham de andar mais de 30 m para terem acesso aos banheiros de outras alas.

“Com a construção desses banheiros, visamos facilitar a vida de quem fica sob observação nesta ala” Disse a Prefeita Lurdinha (PT).

Jaqueline, que estava com o pai em observação no HM, disse que essa não é a primeira vez que o acompanha e tinha notado que a falta dos banheiros gerava transtornos.

“Olha, melhorou muito para os pacientes, e até mesmo para nós que os acompanhamos. A prefeitura está de parabéns pela iniciativa” Elogiou Jaqueline.

DSC_2582 DSC_2584 DSC_2590 DSC_2585 DSC_2583

População rural de Rondônia será coberta por telefonia móvel; distritos em Médici também foram contemplados

 AROM_TELEFONIA-300x192Distritos e localidades rurais abrangidos por uma circunferência de 30 quilômetros das sedes municipais de Rondônia passam a ter acesso à telefonia móvel, e com conexão de internet. A ampliação do sinal será oferecia pela operadora Claro, que venceu o certame da gestão estadual. Até o próximo mês de junho, 21 municípios serão contemplados com o projeto. Em dezembro de 2015, os 52 municípios estarão iluminados pela cobertura telefônica. Uma nova chamada pública deve ser feita, para operadoras interessadas em expandir o sinal em distâncias maiores que 50 quilômetros.

Para a Associação Rondoniense de Municípios – Arom, a telefonia móvel rural deve dar mais agilidade aos trabalhos das prefeituras e facilitar a vida das famílias de produtores rurais, escolas e fazendas. Durante apresentação do projeto por representantes da Claro, o presidente da Arom e prefeito Vitorino Cherque salientou que, “Atualmente, a falta de comunicação tem provocado muitos transtornos para os municípios, porque estão localizados fora da abrangência de telefones. Isso tem dificultado até na hora do cadastramento de projetos e convênios das prefeituras”.

A Arom pondera que os prefeitos dos municípios contemplados devem agilizar o processo de regularização das áreas necessárias para a instalação das torres que receberão e transmitirão o sinal. Para evitar atrasos burocráticos, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental prestará as orientações durante a retirada das licenças ambientais. Após o lançamento do projeto, o governador Confúcio Mouro entregou aos gestores municipais uma pasta com cópias das leis e orientações sobre a instalação das torres.

Na nova chamada pública, que ainda não tem data prevista para ser lançada, as empresas concorrentes deverão ofertar o serviço a distritos distanciados a mais de 50 quilômetros, como é o caso de Extrema, Calama (Porto Velho), e Triunfo (Candeias do Jamari) e outros pelo estado. Na primeira leva de municípios beneficiados pelo projeto, estão, por exemplo: Cabixi, Castanheiras, Chupinguaia, Colorado d’Oeste, Parecis, Pimenteiras d’Oeste, Presidente Médici, Primavera de Rondônia, São Felipe d’Oeste, Theobroma e Vale do Paraíso.

DECOM/AROM

Sec. de Obras: Médici – Recuperação de estradas e conserto de pontes acontecem a partir de Abril

Na manhã desta quarta-feira (26) no gabinete da Prefeitura Municipal de Presidente Médici, a prefeita Lurdinha (PT), em reunião com sua Assessoria de Imprensa, divulgou o cronograma de atuação da Sec. de Obras no concerto de pontes, patrulhamento e cascalhamento das estradas vicinais.

Segundo a prefeita, uma equipe de servidores da secretaria de obras  já estão, desde a semana passada, visitando as estradas rurais para fazer um mapeamento dos pontos críticos para que seja elaborado um plano de atuação que será começará a ser efetuado no mês de abril, que é quando o período chuvoso já tenha acabado.

“Nossa previsão é de substituir pelo menos 20 pontes por bueiros de concreto para resolver os problemas de risco da integridade física das pessoas que por cima das mesmas, transitam” disse a prefeita.

Para fazer as substituições das pontes por bueiros, serão investidos recursos próprios da prefeitura. Já no patrulhamento, cascalhamento e manutenção das máquinas, serão empregados recursos do FITHA (Fundo de Infraestrutura, Transporte e Habitação) do Governo Federal.

“Agora, nesse período chuvoso, estamos resolvendo apenas problemas pontuais, mas assim que o fim desse período chegar, iremos trabalhar com afinco, para resolver os problemas e facilitar a vida dos nossos mais de 12 mil habitantes da zona rural, distribuídos nos mais de 1.300km de vias vicinais, nas mais de 2.700 propriedades rurais do nosso município” disse a prefeita Lurdinha (PT).

DSC_2508

Pres. Médici – Reunião no gabinete da prefeitura delibera sobre temas relacionados à obra de implantação da rede de esgoto sanitário que está em andamento no município

Foi realizada, na manhã desta quarta-feira (26), no gabinete da Prefeitura de Presidente Médici, uma reunião entre a Prefeita do município, Lurdinha (PT), dois Vereadores, Sargento Rubi (PMDB) e Jorge do Idaron (PT), e Engenheiros da ÓTIMA, empresa que efetua a obra; da SUMUSA, que controla o recurso que está sendo investido; da empresa fiscalizadora, CONSTRUMAX, e da Comissão de Recebimento da Obra.

A reunião, que é realizada a cada dois ou três meses, teve por finalidade discutir temas relacionados ao andamento da obra.

As questões apresentadas foram: forma de gerenciamento do empreendimento público, pós-término e sobre custos para a população, no que diz respeito ao processo de ligamento.

Assim que a Obra for terminada a Prefeitura fará levantamentos para saber se o gerenciamento da Rede ficará por conta da CAERD, ou se será montado um sistema autônomo de gerenciamento. Depois de resolvida essa questão será definido o valor a ser investido pelo morador na ligação do esgoto doméstico à rede de recolhimento.

Segundo o engenheiro da ÓTIMA, empresa que efetua a Obra, Marcio Diogo, a rede de esgoto que está sendo implantada no Município, terá a capacidade para receber ligações de transferência de esgoto público-doméstico de 1.623 (mil seiscentos e vinte e três) residências. E que, desse total, será preciso que pelo menos mil ligações sejam feitas para que o sistema possa funcionar, e o dinheiro público investido, não seja perdido.

Os vereadores presentes à reunião e a prefeita concordaram em, através de mostrar a importância de melhoria quanto à saúde que a rede esgoto trará à população, implantar essa nova cultura, através de diálogo com os munícipes e de esclarecimentos através da mídia: falada, televisionada e escrita.

“Na medida em que novas situações forem aparecendo, reuniões serão realizadas para que possamos gerenciar as questões, de maneira que a obra não seja prejudica, nem tão pouco a população. Pois está uma obra importante e que recebe milhões em recursos” Disse a Prefeita Lurdinha (PT)

.DSC_2517

Depois que produtores rurais passaram a cadastrar notas fiscais do que vendem, o Município teve aumento na arrecadação de ICMS

A nova cúpula administradora de Médici, que assumiu no dia primeiro de janeiro de 2013, tendo como gestora principal, a Prefeita Maria de Lurdes (PT), passou, desde então, a conscientizar aos produtores rurais sobre a importância de se cadastrarem na prefeitura e fazerem a prestação de contas anual dos produtos que vendem e serviços que prestam.

Desde então, as quantias recolhidas em IMCS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) só tem aumentado.

“Quando assumimos a Secretária de fazenda, tivemos a ideia de conscientizar aos produtores sobre essa questão, e tivemos uma resposta positiva deles, e um aumento de 0,14% na arrecadação de impostos referentes à aréa, que antes era de 2,14%, vindo para 2,28%” Disse Rita Granjeiro, Secretária municipal de Fazenda.

Desde o mês de Janeiro os produtores estão vindo à sede da prefeitura e trazendo as notas para a prestação de contas. Em média, nos dias mais movimentados -Terça e Quarta-feira- cerca de 40 produtores são atendidos. Nos demais dias – Terça, quinta e sexta-feira- esse número é bem menor.

Pelo menos 70% dos 2mil produtores cadastrados, já fizeram a prestação de contas e pegaram um novo bloco de notas.

“Para aumentar o número de cadastrados, firmamos uma parceria com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município (STTR), que os alertam sobre a questão” Disse Rita Granjeiro, Secretária Municipal de Fazenda.

O senhor Adelino Calimar, que é produtor rural no município há 32 anos, presta contas pela primeira vez.

“Eu não prestava contas porque não sabia que isso deveria ser feito, mas depois de ser alertado, de agora pra frente, virei aqui fazer a prestação para estar em dias com meus negócios e não sofrer nenhuma sanção por estar negociando sem estar devidamente legalizado” Disse Adelino Calimar, Produtor Rural.

“Estamos felizes com esse aumento no número de produtores rurais que estão vindo prestarem suas contas de 2013, e pegar um novo bloco de notas para negociarem em 2014. Se o recolhimento de ICMS aumenta, aumenta-se, consequentemente, a receita do município, e com isso teremos mais recursos para fazer investimentos necessários ao desenvolvimento de nossa cidade” Disse a Prefeita Lurdinha (PT).

O prazo final para a prestação de contas que se iniciou em Janeiro, segue até o dia 28 de Março; o serviço é oferecido gratuitamente na sede da Prefeitura (Das 7:30 às 13:00h).

DSC_2025 DSC_2022

Saúde: em Médici, campanha de vacina contra HPV acontece do dia 10 de Março a 10 de Abril

O ministério da saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), amplia o calendário nacional de vacinação com a introdução da vacina quadrivalente contra o papiloma humano (HPV) no sistema único de saúde (SUS).

A vacina tem o objetivo de reforçar as atuais ações de prevenção ao câncer do colo do útero. Entre as estratégias de prevenção mais utilizadas, além da detecção precoce, está à vacinação, a indicação do uso de preservativos nas relações e ações educativas.

No município de Presidente Médici a campanha de vacinação contra o HPV, começará no próximo dia 10 de março, e seguirá acontecendo, até o dia 10 de abril.

Na zona urbana e rural, e nos distritos de Estrela de Rondônia, Novo Riachuelo e na vila Bandeira branca, deverão ser vacinados, um número de 578 adolescentes (meninas), com idades de 11 a 13 anos.

Para que a vacina seja aplicada na adolescente, é preciso que os pais, nos casos das crianças que serão vacinadas nas escolas, assinem um termo de liberação, o caso não aceite que sua filha seja vacinada, apresentar um termo de recusa.

Já para os pais que hão de levar as filhas nos pontos de vacinação fora da escola, só é necessário que eles se apresentem junto com as adolescentes portando o RG.

Nos dias da campanha os locais de vacinação serão os seguintes:

- Posto de Saúde e escolas de Novo Riachuelo;

-Posto de Saúde e Escolas de Bandeira Branca;

-Posto de Saúde e Escolas de Estrela de Rondônia;

-Posto de Saúde e escolas do Assentamento Chico Mendes;

-Posto de Saúde e Escolas de Vila Camargo;

-Centro de Saúde Apolônia Rossi Javarini;

-Centro de Saúde do Bairro BNH;

-Unidade Mista (Hospital Municipal);

-Escolas da Zona Urbana.

A enfermeira Maria Jesus, que é a chefe do setor de imunização do município, alerta que a vacina tem maior eficácia em caso de adolescentes que ainda não tenha mantido relações sexuais.

A DOENÇA

O HPV é um vírus que apresenta mais de 150 tipos diferentes, sendo 12 deles considerados oncogênicos, enquanto os demais subtipos virais relacionados a verrugas genitais e cutâneas.

Os tipos virais oncogênicos mais comuns são HPV 16 e 18, responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero, enquanto os HPV’s 6 e 11 estão associados a até 905 das lesões anogenitais.

A principal forma de transmissão do HPV é por via sexual.

OBJETIVO E META

O objetivo da vacinação contra o HPV no Brasil é prevenir o câncer do colo do útero, refletindo na redução da incidência e da mortalidade por esta enfermidade.

No Brasil, a meta é vacinar 80% da População alvo, o que representa 4,16 milhões de meninas.

Em Rondônia, a meta é vacinar 80% (só pra lembrar: meninas de 11 a 13 anos), de um total de 47.079 meninas.