Foi dada a largada para a implantação do sistema de videomonitoramento em Presidente Médici

Encontro na Câmara Municipal durante esta manhã reuniu representantes do Executivo, Legislativo e população para um debate com o Capitão PM responsável pelo videomonitoramento de Cacoal, que repassou a expertise sobre o sistema no município, que já vai completar dois anos e é responsável por 80% de redução dos índices de criminalidade nas áreas instaladas.

O prefeito Edilson Alencar, em companhia dos vereadores do Legislativo local , secretários e representantes da população reuniram-se com o Capitão PM  Ronnie, de Cacoal, para conhecer os resultados da implantação do sistema de videomonitoramento no município vizinho, e que no próximo dia 9 de Junho completa dois anos. De acordo com o policial, responsável pela estrutura na cidade, desde a implantação do sistema no município houve 80% de redução dos índices de criminalidade nas áreas monitoradas pelas 15 câmaras instaladas atualmente, cinco delas doadas por diversos setores da comunidade local e as 10 primeiras com recursos oriundos de verbas estaduais e federais. As unidades, extremamente modernas, contam com recursos tecnológicos como a movimentação vertical 20% acima de seu posicionamento, o que permite a captação ainda mais ampla do espaço vistoriado. A sala, que concentra toda a recepção de imagens, e que funciona junto a sala de operações da PM  foi idealizada para receber a imagem de 23 câmeras e tem capacidade total de 32 terabytes. Ainda segundo o policial, a sala que conta com monitores em vídeo wall, é monitorada por seis profissionais em turno de seis horas, 24 horas por dia. “O videomonitoramento representa a presença da polícia 24 horas na área monitorada, permitindo com que passemos a patrulhar locais que não contam com as câmeras, ampliando nossa área de atuação”, explicou o Capitão Ronnie.

O Capitão aconselhou a formação de uma comissão integrada por representantes da Prefeitura, Câmara, Associação Comercial, Polícias Civil e Militar, Ministério Público e população, afim de que todas as decisões sobre o tema sejam tomadas conjuntamente e que utilizem os primeiros recursos na implantação da sala com a estrutura que irá receber o sistema de captação de imagens. “Temos total interesse em implantar o videomonitoramento em Presidente Médici  menor espaço de tempo possível, mas faremos isso a partir da concordância de todos os setores envolvidos e que irão atuar no sistema.Embora já tenhamos conseguido R$ 150 mil (já liberados) graças a emenda do deputado estadual Edson Martins e tenhamos o compromisso de liberação de outros R$ 150 mil dos deputados Maurão de Carvalho e Laerte Gomes, desejamos um gestão compartilhada onde todos procurem recursos para e pelo sistema que no final das contas visa trazer ainda maior segurança a toda a população”, disse o prefeito Edilson Alencar.

Além da formação da comissão, a próxima etapa, agora, será averiguar a possibilidade de o município poder aderir à ata do DER e assim agilizar a compra de equipamentos que farão parte do sistema de videomonitoramento.