Campanha Nacional de Combate às Hepatites Virais

Em campanha, Semusa realiza testes rápidos de doenças virais

 

FOTO_CAMPANHA

 

Começou nesta segunda-feira (28) a Campanha Nacional de Combate às Hepatites Virais, nas unidades municipais de saúde de Presidente Médici/RO.Os trabalhos, quemobilizam médicos, enfermeiros, técnicos e bioquímicos entre outros profissionais,serão realizados até o próximo dia 01 de agosto, das 07:30h às 13:00h. Além de assistir a palestras, quem comparecenesses pontos de atendimento recebe testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B e C. A ação é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde – Semusa.

O primeiro dia de campanha, que aconteceu nas unidades CESP e Assentamentos Chico Mendes I e II, registrou média de 60 pacientesque procuraram os serviços. De acordo com a enfermeira e coordenadorade vigilância epidemiológica, Milleny Vieira, em 15 minutos todo o processo é realizado, incluindo a coleta de sangue, análise e comprovaçãoda infecção. “Caso detectemos uma doença, prestamos a orientação e aconselhamentos necessários e encaminhamos o paciente a um infectologista”, explicou.

De acordo com a bioquímica e farmacêutica Maria Zuleide, o principal objetivoé facilitar o diagnóstico e conscientizar a população da necessidade de se fazer prevenção, descoberta e tratamento o quanto antes dessas doenças. “Para a execução desse programa específico,temos o apoio do laboratório municipal e das equipes do Programa de Saúde da Família – PSF e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF. Toda a população pode participar da campanha, desde que seja maior de 18 anos e compareça portando documento”, ressaltou.

 

Confira os locais de realização da campanha.

 

28 de Julho: Centro de Saúde Maria de Fátima Chagas Bonfim (CESP) e ESF Assentamento Chico Mendes;

29 de Julho: ESF Polônia Javarine e ESF do Estrela de Rondônia.

30 de Julho: ESF do Riachuelo e ESF da Vila Camargo.

31 de Julho: ESF do Bandeira Branca.

01 de agosto: ESF do BNH.

Nova creche é inaugurada

Prefeita, vereadores, secretários, autoridades diversas, e principalmente as crianças, marcaram presença na inauguração da nova creche municipal, que aconteceu na última sexta-feira (25-07).

A construção da nova creche era um sonho tanto para alunos e professores quanto para os pais, que aguardavam novas vagas para poderem matricular seus filhos.

A nova creche é um espetáculo de construção, quem vê, se encanta. Ela foi construída ao lado da creche antiga e continuará com o mesmo nome: Pingo de Gente.

A obra foi iniciada em 2008, e foi construída através do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil – PROINFÂNCIA, em parceria com a Prefeitura Municipal.

A prefeitura já esta contratando mais professores do processo seletivo para ampliar o atendimento na nova creche.

A antiga creche atendia 118 crianças de 6 meses a 03 anos, as novas dependências tem capacidade para atender 240 crianças de 0 a 03 anos. Ou seja, serão mais 122 crianças que ingressarão no ensino infantil.

“Estarmos inaugurando a nova creche aqui hoje tem um significado ímpar para a administração municipal e também para muitos pais que tinha de viver com uma renda familiar reduzida, uma vez que para seus filhos não havia vagas disponíveis no outro espaço de ensino infantil” disse a prefeita Lurdinha.

 

DSC_624010382823_565272380249492_4179252320565321364_n 10464213_565272093582854_5193970092869501051_n 10489892_565063420270388_9222614452603809099_n 10511173_565023536941043_2363423168371062959_n 10526140_565272236916173_3872489615646479523_n 10530933_565023466941050_1095172675995997100_n 10552543_565272360249494_5707734674203669583_n 10563115_565272410249489_858285692080774901_n

Secretaria de obras realiza limpeza no pátio do HM; fotos

 

 

 

DSC_6286 DSC_6287 DSC_6288 DSC_6289 DSC_6290 DSC_6291 DSC_6292 DSC_6293 DSC_6294 DSC_6295 DSC_6296 DSC_6297 DSC_6298

Pátio da SEMBEAS está sendo preparado para receber “Festa Julina”

Hoje à noite, a partir das 19h30m, o pátio da Secretaria de Bem Estar e Assistência social (SEMBEAS), será palco da “Festa Julina”, que contará com a apresentação das “quadrilhas”, da terceira idade e da Guarda Mirim.

Os trabalhos de preparação começaram ontem à tarde e se estendeu até as 20hs. Os alunos da Guarda Mirim e os servidores da secretaria foram os voluntários que se apresentaram para colaborar. Agora pela manhã, os trabalhos continuam. As bandeirolas juninas estão sendo montadas e o muro está sendo enfeitado com folhas de coqueiro.

“Procuramos, através desta festa, promover socialmente os grupos atendidos pela assistência social fortalecendo a convivência familiar e comunitária, trabalhando assim, o respeito no caráter intergeracional” Disse a secretária Cristiane Silveira, que também coloca a mão na massa.

A festa é aberta, e todos estão convidados a comparecer.

DSC_6283DSC_6279DSC_6280DSC_6281 DSC_6284DSC_6285

SEMUSA realizará campanha de combate as hepatites virais dos dias 28-07 a 01-08

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA) convida a população para participar da Campanha Nacional de Combate as Hepatites Virais, que será realizada nas Unidades de Saúde de Presidente Médici entre os dias de 28 de julho a 01 de agosto de 2014 das 07:30 as 13:00 horas. Durante a campanha será realizado palestras e testes rápido de HIV, Sífilis, Hepatite B e C. O objetivo desta campanha é orientar a população sobre as formas de contágio e prevenção das doenças, além de facilitar o diagnóstico precoce por meio dos testes rápidos. Para participar e preciso ter 18 anos ou mais, e ter em mãos o documento de identidade (RG). Os locais e as datas dos atendimentos serão:

 

LOCAIS E  DATAS

 

  •  28 de Julho: Centro de Saúde Maria de Fátima Chagas Bonfim (CESP) e ESF Assentamento Chico Mendes;
  •  29 de Julho: ESF Polônia Javarine e ESF do Estrela de Rondônia.
  •  30 de Julho: ESF do Riachuelo e ESF da Vila Camargo.
  •  31 de Julho: ESF do Bandeira Branca.
  •  01 de agosto: ESF do BNH.

Ações da vigilância sanitária

ZONA RURAL

O departamento de vigilância sanitária do município, preocupado com a condição da água utilizada em bebedouros das escolas da zona rural, está realizando uma ação de coleta de amostra d’água para enviar ao LACEN-PVH (Laboratório Central de Porto Velho) para que sejam realizados exames. Até o momento amostras de água foram coletadas em quatro escolas, mas o objetivo é coletar em todas. Além das escolas, amostras de água foram coletadas também no assentamento Chico Mendes.

ZONA URBANA

A vigilância sanitária também vem desenvolvendo ações na zona urbana do município, como por exemplo: recebimento e verificação de denuncias, feitas pela população, que abrangem diversas áreas, sendo: água escorrendo nas ruas e avenidas, animais soltos, mercadorias vencidas nas prateleiras de estabelecimentos comerciais entre outras.

Como fazer para oferecer denúncia

Se você tem uma denuncia para fazer, entre em contato com o departamento de atendimento da vigilância sanitária pelo telefone (69) 3471-2969.

Conselho permanente de fiscalização avalia positivamente as ações que a SEMBEAS vem desenvolvendo no município

Foi realizado na tarde de quarta-feira (16), na sede da Secretaria Municipal de Bem Estar e Assistência Social, uma reunião entre representantes da SEMBEAS e do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS).

A reunião acontece periodicamente e tem como finalidade, por parte do CAMS, fiscalizar as ações que a Secretaria de Assistência Social vem desenvolvendo no município e se elas estão atendendo a contento às crianças, adolescentes, idosos e famílias carentes.

Na reunião a responsável pela pasta, a secretária Cristiane Silveira, apresentou um relatório com as ações que já foram e que estão sendo desenvolvidas. O conselho, que é composto por 12 integrantes, avaliou positivamente.

“A nossa avaliação positiva não poderia ser diferente diante do visível esforço que percebemos exercer, por parte da secretaria Cristiane e do dos demais servidores. Sempre dá para fazer mais, contudo, entendemos também que a secretaria tem limitações de ordem orçamentária e de pessoal, mas o que está sendo feito está atendendo bem a tudo o que diz respeito ao social do município.” Disse o presidente do conselho, Gilberto José da Silva.

 

“Tem um poste na rua da minha casa com a lâmpada queimada… E agora, como resolvo esse problema?”

Se este for o seu caso, querido munícipe, você deve procurar, na sede da prefeitura municipal, a secretaria de obras (SEMOSP) e falar com a Rosângela Abreu, sobre o problema para que tenhas uma solução.

Lembrando que é de suma importância que o reclamante, leve consigo, as informações sobre o local do problema, como por exemplo, o nome da Rua ou Avenida, bem como a de qual poste do quarteirão está com a lâmpada queimada.

Observação:  A secretaria não atende via telefone, poque tem havido muitos casos de trote.

P6F27

Museu regional: cresceu número de visitantes; responsáveis querem tornar conhecida a importância histórico-cultural dos achados arqueológicos; número de peças para exposição poderá chegar a 500 mil

Criado com objetivo de concentrar informações arqueológicas do estado de Rondônia, e principalmente de três municípios da região central (Ji-paraná, Presidente Médici e Ministro Andreazza), o Museu Regional de Arqueologia de Rondônia inaugurado em 11 de junho de 2011, tem servido de referencia para pesquisadores de vários estados brasileiros e de outros países (Bolívia, Peru, Chile, Inglaterra, Holanda). Além dos pesquisadores, o museu recebe também, visitas programadas de alunos que cursam o ensino fundamental e médio, de escolas estaduais e municipais, de todo o estado. Desde sua fundação o numero de visitante só tem crescido. Até 2012, a média mensal de vistas era de 170 pessoas. Em 2013, esse número aumentou chegando a uma media de 227 visitantes ao mês. Para este ano de 2014, Maria Coimbra, Historiadora e Arqueóloga, que cuida do museu, acredita que esse número aumentará, pois tem surgido curiosidade nos alunos e incentivo por parte dos professores em saber um pouco mais da historia aprendida pela observação das peças contidas no acervo e do conteúdo informativo contido nas pesquisas e trabalhos desenvolvidos pela equipe do museu.

-Nosso museu, quando de sua inauguração, tinha um acervo de cerca de quatro mil peças. Hoje, com as parcerias que fizemos com as centrais elétricas que avançam sobre os sítios arqueológicos, conseguimos obter um número grande de achados. Temos no museu, atualmente, um acervo com mais de dez mil peças- Disse Maria Coimbra, responsável pelo museu.

Maria, além de falar da quantidade de peças arqueológicas contidas no museu, fala também de um trabalho que é desenvolvido por pesquisadores e pelo próprio museu, em Rondônia, com a finalidade de fazer com que, por meio do conhecimento e importância das peças, o povo rondoniense passe a reconhecer o valor histórico-cultural que o material tem.

-Em Rondônia, não temos uma cultura de valorização do material que por aqui é encontrado. Já vi pessoas dizerem que as peças não tem valor algum e que são apenas lascas de pedras. Para que essa cultura mude, passamos a transmitira conhecimento aos nossos visitantes, e estamos desenvolvendo um projeto itinerante com palestras de apresentação do que já catalogamos no estado – Disse Maria Coimbra.

PARCERIAS

Até hoje, convênios firmados com sete empresas de energia elétrica, possibilitaram o museu adquirir materiais de estudo, ferramentas de trabalho e a compra de expositores. O acervo primário, com o qual o museu se iniciou (através de parceria com a Prefeitura e com o IPHAN-Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural Nacional) foi doado por moradores das regiões onde estão concentrados os principais sítios arqueológicos do estado, nas áreas limítrofes dos municípios de Ji-paraná, Presidente Médici e Ministro Andreazza. As empresas de energia elétrica doaram a maior parte do acervo contido no museu. Mais peças estão por chegar, algo em torno de 500 mil, que foram colhidas de sítios próximos as usinas de Samuel, Girau, Santo Antonio e também da região do vale do Guaporé, onde está sendo feito o asfaltamento da BR-429. Mas para isso essas empresas precisaram cumprir com uma parte do convenio que é a de ampliar e reformar o museu. A parceria firmada com a Prefeitura possibilita a paga dos funcionários (três no total), e também da energia, internet e água. O museu funciona ao lado Centro Cultural da Cidade, na Avenida Tiradentes nº2064, no bairro Lino Alves Teixeira. Telefone – (69) 3471-2892.

DSC00249 DSC00263 DSC00385 DSC00391 DSC00397 DSC00398 DSC00407 DSC00417 DSC00425 DSC00427 DSC00435 DSC00440

FNDE libera recurso para compra de materiais didáticos e pedagógicos para a nova creche

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação liberou para a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) de Presidente Médici, pelo PAR – Programa de Ações Articuladas, um recurso na ordem de R$20.255,91 (vinte mil duzentos e cinqüenta e cinco e noventa e um centavos), que será utilizado para a compra de materiais didáticos e pedagógicos, como para equipar a nova creche, que será inaugurada no próximo dia 25-07.

Na lista constam 43 itens que serão comprados. Entre eles, estão: Teatro de fantoche, conjunto de bonecas, conjunto de bolas, conjunto de jogo da memória, conjunto de quebra-cabeça e etc.

-Nossos pequenos alunos já iniciarão o segundo semestre estudando em uma nova creche, que inauguraremos no próximo dia 25; e agora, com a liberação deste recurso, poderemos adquirir brinquedos novos também- comentou o Secretário de educação, professor Carlos.

(Nova Creche)

DSC_6240